Menina de 4 anos é encontrada após 18 dias desaparecida na Austrália

Cleo Smith havia sumido no dia 16 de outubro no estado da Austrália Ocidental, onde acampava com a família

Menina de 4 anos é encontrada após 18 dias desaparecida na Austrália
Imagem ilustrativa (Crédito: Canva Fotos)

Operação da polícia australiana localizou nesta quarta-feira (3) uma menina de 4 anos que estava desaparecida há 18 dias no estado da Austrália Ocidental.

Publicidade

Segundo informações do G1, Cleo Smith, a menina desaparecida, tinha ido acampar com a família em Blowholes, na cidade de Macleod, Austrália. Cleo Smith havia sumido no dia 16 de outubro, no mesmo estado, onde foi encontrada em bom estado de saúde após 18 dias sumida, de acordo com a polícia local. A notícia de que foi encontrada serviu para aliviar todo o país.

Seu desaparecimento mobilizou mais de 100 agentes, por ar, terra e mar. A polícia australiana foi chamada e chegou a oferecer uma recompensa para quem tivesse alguma informação sobre a menina (US$ 750 mil, cerca de R$ 4,2 milhões no câmbio atual).

Cleo foi encontrada sozinha, em uma casa em Carnarvon, a cerca de 100 quilômetros de onde desapareceu. Seus pais a viram na madrugada do desaparecimento, mas logo que acordaram, pela manhã, ela já estava desaparecida. Quando a encontraram, um dos policiais a levantou no colo e perguntou: ‘Qual o seu nome?’ E ela respondeu: “Me chamo Cleo”.

“Assista: O momento em que Cleo Smith foi salva em Carnarvon.”

Publicidade

Segundo informações da BBC, em uma das fotos divulgadas pela polícia, Cleo aparece sorrindo. O comissário Chris Dawson disse que a menina foi localizada “tão bem quanto poderíamos imaginar nas circunstâncias”. Cleo está recebendo os devidos cuidados médicos.

O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, escreveu em seu Twitter: “Uma notícia maravilhosa e reconfortante”. A menina já se reencontrou com os pais, que fizeram apelos desesperados nas redes sociais em busca de ajuda para encontrá-la. Em uma rádio local, o subdelegado Blanch contou que chegou a ver “detetives experientes chorando de alívio” após conseguirem encontrar a menina.

Publicidade

Um homem de 36 anos foi detido pela polícia suspeito de estar envolvido no desaparecimento. Para alívio dos pais, Cleo foi devolvida. “Nossa família está completa de novo”, disse a mãe.