Menino prodígio

Menino de 11 anos supera QI de Stephen Hawking e Einstein

A ciência se maravilha com um caso inédito: trata-se de um jovem que obteve a maior pontuação no teste Mensa, especializado em medir QI.

Menino de 11 anos supera QI de Stephen Hawking e Einstein
(Crédito: Bryan Bedder/Getty Images for Breakthrough Prize Foundation)

A comunidade científica ficou espantada após os resultados inesperados da avaliação das habilidades de um menino de 11 anos, que obteve a maior pontuação possível no teste Mensa, o teste de QI mais famoso do mundo. “Todo mundo na escola me acha muito inteligente”, confessou o protagonista, acrescentando que gostaria de estudar matemática em Cambridge ou Oxford, além de esclarecer que adora fazer qualquer atividade que estimule seu cérebro.

Publicidade

Trata-se de Brainy Yusuf Shah, que obteve 162 pontos, o que representa uma marca histórica por ser o valor máximo para menores de 18 anos.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Daily Mail (@dailymail)

Publicidade

O que é significativo é que no referido teste Stephen Hawking obteve 160 pontos e acredita-se que o físico Albert Einstein, embora nunca tenha feito oficialmente o teste, teria obtido uma nota idêntica à de seu colega.

A verdade é que quando o jovem não está a estudar, gosta de sudoku e de resolver cubos mágicos.

Publicidade

O aluno de Leeds começou a brincar com os cubos de Rubik em janeiro, depois de ver um na casa de um amigo, e no final do mês conseguia resolver cubos de todas as dificuldades com uma facilidade surpreendente.

“Todo mundo achava que eu era muito inteligente”, disse o jovem.

“Todo mundo na escola achava que eu era muito inteligente e sempre quis saber se estava entre os 2% melhores das pessoas que faziam o teste”, disse Shah, de acordo com declarações reproduzidas no Daily Mail.

“É especial ter um certificado para mim e sobre mim”, acrescentou o menino, cheio de orgulho.

Publicidade

O jovem comentou que adora fazer atividades que estimulem sua inclinação intelectual. Após a prova, Yusuf foi comemorar a conquista em um jantar no Nando’s junto com seus pais e seus dois irmãos mais novos, Zaki e Khalid.

CA/ED

*Texto publicado originalmente no site Perfil Argentina.

Publicidade