Conflito Rússia x Ucrânia

Ministro russo Sergei Lavrov diz que risco de guerra nuclear é real

O ministro também sugeriu que os medos atuais podem ser atribuídos ao Ocidente e sua recusa de confiar na Rússia.

ministro-russo-sergei-lavrov-diz-que-risco-de-guerra-nuclear-e-real
Sergei Lavrov (Créditos: Sean Gallup/Getty Images)

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov afirmou que o país tenta reduzir os riscos de uma guerra nuclear, mas que o perigo é real e sério. “É real e não pode ser subestimado”, disse ele na noite desta segunda-feira (25).

Publicidade

Em referência a declaração famosa e conjunta de Ronald Reagan e Mikhail Gorbachev, quando os líderes dos Estados Unidos e União Soviética concordaram que “uma guerra nuclear não pode ser vencida e nunca deve ser travada”, Lavrov afirmou que “inadmissibilidade da guerra nuclear” permaneceu a “posição de princípio”.

Segundo a CNN, o ministro também sugeriu que os medos atuais podem ser atribuídos ao Ocidente e sua recusa de confiar na Rússia. “Nossa proposta de moratória mútua foi rejeitada, embora tenhamos incluído em nossa proposta métodos de verificação. E a principal objeção do Ocidente a isso é que eles simplesmente não confiavam em nós”, disse Lavrov.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade