Conflito Rússia x Ucrânia

ONU diz que há ‘milhares de mortes’ a mais na Ucrânia que a contagem oficial

A organização enviou uma comissão ao país para apurar os danos da guerra e está fazendo um levantamento mais amplo desse número.

onu-diz-que-ha-milhares-de-mortes-a-mais-na-ucrania-que-a-contagem-oficial
Prédio da ONU (Créditos: Johannes Simon/Getty Images)

A Ucrânia teve “milhares” de mortes a mais do que os números oficiais apontam hoje, disse a chefe da missão de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) no país, Matilda Bogner.

Publicidade

Oficialmente, o governo ucraniano contabiliza 3.381 mortos, em 76 dias de combate. A ONU enviou uma comissão ao país para apurar os danos da guerra e está fazendo um levantamento mais amplo desse número.

“Estamos trabalhando nas estimativas, mas de momento já posso dizer que (o número de mortes) é de milhares a mais que o número que passamos atualmente”, disse Bogner. Por conta da situação em Mariupol, que a Rússia afirma ter conquistado, ela aponta que a nova contagem pode estar em defasagem.

“O grande buraco negro é realmente Mariupol, onde tem sido difícil acessar e ter informações totalmente comprovadas”, completou Bogner, segundo o portal G1.

Publicidade

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade