apelo por paz

Papa Francisco lamenta ‘Páscoa de guerra’

Francisco dedicou grande parte do discurso à Ucrânia, comparando o choque da guerra no Leste Europeu ao dos apóstolos que o Evangelho diz que viram Jesus ressuscitado.

(Crédito: Franco Origlia/Getty Images)

Em meio à celebração pelo fato de o público estar de volta, após dois anos de restrição por causa da Covid, à audiência Urbi et Orbi, o Papa Francisco lamentou que o mundo esteja vivendo uma “Páscoa de guerra”. O pontífice criticou implicitamente a Rússia por arrastar a Ucrânia para um conflito que chamou de “cruel e sem sentido”.

Publicidade

“Nossos olhos também estão incrédulos nesta Páscoa de guerra. Temos visto muito sangue, muita violência”, declarou Francisco

No início deste mês, Francisco criticou implicitamente o presidente russo Vladimir Putin  devido à invasão, dizendo que um “potentado” estava fomentando o conflito por interesses nacionalistas.

Outras guerras

O pontífice também mencionou as numerosas vítimas ucranianas e milhões de refugiados e deslocados internos de vários conflitos pelo mundo.

Publicidade

“Cada guerra traz consigo consequências que afetam toda a humanidade”, ressaltou.