Pentágono relata “bombardeio violento” na Ucrânia

O ataque estaria acontecendo na cidade de Kiev

pentagono-relata-bombardeio-violento-na-ucrania
O secretário de imprensa do Pentágono, John Kirby, realiza uma coletiva de imprensa no Pentágono em 09 de março de 2022 em Arlington, Virgínia. Kirby falou sobre vários tópicos, incluindo a invasão da Rússia à Ucrânia. (Crédito: Kevin Dietsch/Getty Images)

O porta-voz do Pentágono, John Kirby, disse nesta sexta-feira (11) que está acontecendo neste momento um bombardeio violento em Kiev, capital da Ucrânia.

Publicidade

“Pessoas em Kiev diriam que estão sob ataque neste momento. Há um bombardeio russo bem violento e nós avaliamos que os russos estão começando a ganhar impulso em campo sobretudo no leste e não tanto pelo norte”, declarou Kirby.

“Eu não quero magnificar o aspecto que esse comboio está avançando, isso poderia ser uma proteção forçada por exemplo. Os ucranianos continuam afrontando e se defendendo desse avanço. Eu acho que o avanço não pode ser somente para abastecer as operações no sul, mas acho que é bom sermos um pouco mais cautelosos em relação a nossas previsões”, continuou.

Segundo Kirby, é difícil entender o movimento das forças russas no atual estágio da guerra, mas que os ataques estão concentrados na parte oeste e leste da Ucrânia, nas cidades de Mariupol e Kiev, e na região do Donbass, controlada pelos separatistas.

Eles atacaram o oeste com algumas frentes aéreas. E não é que não há ataques no lado oeste da Ucrânia desde o início dessa operação, há 16 dias. É só questão que não temos visto isso de forma rotineira. O que isso indica nós não sabemos ainda. Nós acreditamos era atacar campos de pouso. Acredito que queremos permitir que eles utilizem parte desse campo aéreo no oeste”.

Publicidade