Presidente-executivo do Twitter, Jack Dorsey, deixa o cargo

Esta é a segunda vez que Dorsey deixa o cargo de presidente-executivo do Twitter

Presidente-executivo do Twitter, Jack Dorsey, deixa o cargo
Cofundador do Twitter e bilionário Jack Dorsey (Crédito: Joe Raedle/ Getty Images)

Jack Dorsey, presidente-executivo e um dos fundadores do Twitter, disse nesta segunda-feira (29) que irá deixar o cargo que ocupava na rede social.

Publicidade

Dorsey anunciou sua saída, publicamente, em seu perfil no Twitter: “Não sei se todo mundo já sabe, mas… eu me demiti do Twitter”. A confirmação foi feita pouco depois de o site “CNBC” indicar sua saída, citando fontes.

O anúncio de Dorsey também informou que seu sucessor no Twitter será Parag Agrawal, que ocupava o cargo de diretor de tecnologia desde 2017. A troca de comando da rede social é imediata.

Cofundador do Twitter, o bilionário Jack Dorsey, seguirá como membro do conselho até seu mandato expirar, no próximo ano. Ele também vai continuar como CEO da empresa de pagamentos digitais Square, função que exercia simultaneamente com a vice-presidência do Twitter.

Dorsey já havia deixado o posto na rede social uma vez em 2008, dois anos após a fundação da empresa. O executivo foi afastado do cargo por supostamente gastar muito tempo tendo aulas de design de moda e praticando yoga.

Publicidade

Ele retornou ao posto em 2015, durante o tempo afastado a companhia foi comandada pelo cofundador Evan Williams, que depois passou a liderança para o executivo Dick Costolo.

Demissão

Em carta publicada em seu perfil no Twitter e intitulada “Voo”, Jack Dorsey disse que sempre trabalhou para que a rede social fosse desvencilhada de seus fundadores, por acreditar que isso limitaria a empresa.

Na mensagem divulgada, o executivo afirma ainda que quer que todos saibam que a saída “foi uma decisão dele” e que “está muito triste… e, ainda assim, muito feliz”, por considerar que é o momento certo.

Publicidade

No entanto, de acordo com as agências de notícias Reuters e Bloomberg, há meses Dorsey vinha sofrendo pressão para deixar a liderança do Twitter. No início de 2020, o grupo investidor Elliott Management teria pedido a sua saída e um dos motivos de desentendimento teria sido seu cargo na empresa Square.

“Não sei se todo mundo já ouviu, mas, eu pedi demissão do Twitter”

Sucessor

Novo presidente-executivo, Parag Agrawal, ingressou no Twitter como engenheiro de software em 2011. Ele é diretor de tecnologia da empresa desde outubro de 2017 e liderava a estratégica técnica da empresa e a iniciativa Bluesky, equipe criada em 2019 com o objetivo de desenvolver um padrão descentralizado para redes sociais.