Primeiros-ministros do Leste Europeu viajam a Kiev em meio a bombardeios

Líderes da Polônia, República Tcheca e Eslovênia visitam a capital ucraniana representando o Conselho Europeu

primeiros-ministros-do-leste-europeu-viajam-a-kiev-em-meio-a-bombardeios
Bombeiros trabalham para extinguir um incêndio em um prédio residencial após ser atingido por um ataque russo nas primeiras horas da manhã no distrito de Sviatoshynskyi em 15 de março de 2022 em Kiev, Ucrânia. (Crédito: Chris McGrath/Getty Images)

Em meio a bombardeios russos em Kiev, os primeiros-ministros da Polônia, Mateusz Morawiecki, da República Tcheca, Petr Fiala, e da Eslovênia, Janez Jansa, se dirigiram nesta terça-feira (15) a capital ucraniana representando o Conselho Europeu.

Publicidade

Os líderes vão se reunir com o presidente ucraniano, Volodimir Zelenski, e o primeiro-ministro, Denys Chmygal, para “reafirmar o apoio inequívoco da União Europeia à Ucrânia e a sua liberdade e independência”, afirmou Fiala no Twitter. 

De acordo com Michal Dworczyk, assessor presidencial da Polônia, os líderes também devem apresentar um pacote de ajuda da UE para a Ucrânia. “Em Kiev, além de um forte sinal de apoio à Ucrânia, um pacote concreto de apoio será apresentado pelos primeiros-ministros”, disse Dworczyk.

Polônia, Republica Tcheca e Eslovênia são Estados-membros da UE e da Otan. Além disso, as três nações ficam no Leste Europeu, região onde o presidente russo Vladmir Putin tem pretensões de manter sua influência.

Publicidade

A viagem foi coordenada com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen. A comunidade internacional foi informada sobre o encontro através da ONU.