CAUSA ANIMAL

Rei Charles proíbe foie gras em palácios da realeza

Monarca é defensor da causa animal e considera cruel o processo de produção do prato.

rei-charles-proibe-foie-gras-em-palacios-da-realeza
Rei Charles III é defensor da causa animal (Crédito: WPA Pool/ Getty Images)

O rei Charles III proibiu o prato foie gras nas residências reais em comunicado emitido nesta sexta-feira (18) pelo palácio de Buckingham.

Publicidade

O foie gras é um patê feito do fígado de ganso ou pato depois de passarem por um processo denominado gavagem, ou seja, a alimentação forçada para que engordem. Defensores dos animais afirmam que este método é cruel, já que o percentual de gordura das aves pode chegar a 65% causando o aumento do fígado em até 10 vezes.

rei-charles-proibe-foie-gras-em-palacios-da-realeza
Processo de produção pode fazer fígado dos animais aumentar em até dez vezes (Crédito: David Silverman/ Getty Images)

O rei, grande defensor da causa animal, proibiu o foie gras em suas propriedades quando ainda era príncipe. De acordo com o site UOL, Charles escreveu uma carta anunciando a proibição do alimento para a organização Peta (People for the Ethical Treatment of Animals – Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais).

A ação foi elogiada pela vice-presidente da entidade. “Deveriam seguir o exemplo do rei e deixar o foie gras fora do cardápio neste Natal e do futuro“, disse Elisa Allen.

No Twitter, internautas apoiaram a decisão do rei Charles III.

Publicidade