impostos

Quanto custa aos britânicos manter a família real?

Grande parte da receita do último ano foi destinada para a reforma do Palácio de Buckingham, residência oficial da rainha.

quanto-custa-aos-britanicos-manter-a-familia-real
Família real reunida em 2016 (Créditos: Ben A. Pruchnie/Getty Images)

A principal fonte de renda da família real, que aumentou suas despesas durante a pandemia, vem do Sovereign Grant, uma reunião de propriedades, em que os contribuintes britânicos pagam impostos à realeza. Em 2021, os gastos bateram cerca de £ 102,4 milhões, mais de R$ 650 milhões.

Publicidade

Grande parte do valor da receita do último ano foi destinada para a reforma do Palácio de Buckingham, residência oficial. As obras no local podem se estender pelos próximos 9 anos.

Uma grande parte da arrecadação obtida com o Sovereign Grant, que neste ano foi fixado em £ 86,3 milhões, vai para os cofres públicos. No entanto, uma parcela de 25% é depositada nas constas da família real, anualmente. Charles III, filho da rainha Elizabeth II recebe a maior parte de seus rendimentos das propriedades que estão sob terrenos do condado de Cornualha, na Inglaterra.

Devido a uma queda no lucro do Crown Estate, a partir de 2022, os pagadores de impostos do Reino Unidos contribuirão com um valor adicional de mais mais £ 27 milhões, cerca de R$ 176 milhões, nos próximos dois anos. Parte do prejuízo ocorre pela queda na receita de ingressos de visitantes nos palácios reais, devido à pandemia de Covid-19.

De acordo com a CNN, o total de contribuintes britânicos, dividido pelo total gasto pela família real, gira em torno de £ 1 (R$ 6) por mês. O valor pode variar de acordo com os lucros obtidos ano a ano.

Publicidade