Sol de Rachar

Reino Unido suspende voos após calor extremo danificar asfalto de pistas de pouso

O continente europeu sofre com o calor extremo. Já foram registradas cerca de mil mortes por conta das altas temperaturas, segundo os órgãos de saúde de Portugal e Espanha.

Reino Unido suspende voos após calor extremo danificar asfalto de pistas de pouso
Os termômetros chegaram a marcar 36°C no Reino Unido (Crédito: Caitlin O’Hara/Getty Images)

Nesta segunda-feira (18), pelo menos dois aeroportos de Londres, na Inglaterra, tiveram que suspender voos depois que o calor extremo que atinge a Europa danificou o asfalto das pistas de pouso. O aeroporto de Luton e a base aérea de Brize Norton registraram danos no asfalto.

Publicidade

No aeroporto de Luton, localizado em Londres, os pousos e decolagens de aeronaves foram temporariamente interrompidos. Segundo um comunicado da administração local, a interrupção nos serviços permitiu “um reparo essencial da pista depois que altas temperaturas da superfície fizeram com que uma pequena seção se levantasse”. Cerca de 14 voos foram desviados para outros aeroportos.

Já na base aérea de Brize Norton, que fica a aproximadamente 120 km de Londres, a Força Aérea Real afirmou que usaram pistas alternativas. O site de notícias Sky News apurou que o tempo quente derreteu parte da pista.

O continente europeu sofre com o calor extremo. Já foram registradas cerca de mil mortes por conta das altas temperaturas, segundo os órgãos de saúde de Portugal e Espanha. A previsão é que o calor se estenda para os próximos dias.

Publicidade

 

 

Publicidade