temperaturas extremas

Reino Unido deve ter mais de 40ºC pela primeira vez na história

O recorde atual foi registrado em 2019, com 38,7°C na Grã-Bretanha, de acordo com o Met Office.

reino-unido-deve-ter-mais-de-40oc-pela-primeira-vez-na-historia
A estimativa dos especialistas era de que o verão teria temperaturas de 40ºC em 2050 (Créditos: Dan Kitwood/Getty Images)

O Reino Unido pode ter o dia mais quente de sua história nesta segunda-feira (18), com as temperaturas podendo chegar aos 41ºC. O recorde atual foi registrado em 2019, com 38,7°C na Grã-Bretanha, de acordo com o Met Office, serviço nacional de meteorologia.

Publicidade

A Grã-Bretanha declarou estado de emergência nacional, devido às altas temperaturas. Além disso, emitiu seu primeiro alerta “vermelho” pelo calor extremo, o que significa que há um risco potencial de vida. A forte onda de calor atinge grande parte da Europa.

De acordo com os meteorologistas, a atual onda de calor pode antecipar em uma previsão climática feita para o Reino Unido. A estimativa dos especialistas era de que o verão teria temperaturas de 40ºC em 2050. No entanto, a temperatura pode ser realidade nesta semana.

Segundo órgãos de saúde da Espanha e de Portugal, desde o início da onda de calor deste ano na Europa, mais de 1000 pessoas já morreram em decorrência das altas temperaturas. No sul da França, mais de 14 mil pessoas precisaram deixar suas residências, devido à incêndios florestais. A previsão dos  meteorológicos é de que as temperaturas também ultrapassem os 40ºC em muitas cidades do interior da França nos próximos dias.

Publicidade