Conflito Rússia x Ucrânia

Rússia anuncia corte total de fornecimento de gás para Finlândia

A Rússia alega que o país vizinho não fez pagamento pelo gás em rublos, uma das exigências feitas em resposta às sanções decorrentes do conflito com a Ucrânia.

russia-anuncia-corte-total-de-fornecimento-de-gas-para-finlandia
Vladimir Putin, presidente da Rússia (Créditos: Peter Muhly – WPA Pool/Getty Images)

A operadora de gás da Finlândia Gasum anunciou nesta sexta-feira (20), que a Rússia cortará todo fornecimento de gás natural do país, a partir da madrugada deste sábado (21). O corte rompe um contrato firmado entre os dois países do fornecimento desse combustível fóssil.

Publicidade

“A Gazprom (estatal russa de gás) informou à Gasum que todo o fornecimento de gás natural para a Finlândia previsto em contrato será cortado a partir das 04h de sábado (21)”, afirmou a companhia por meio de nota. Cerca de 30% de todo o gás consumido na Europa vem da Rússia.

A Rússia alega que o país vizinho não fez pagamento pelo gás em rublos, uma das exigências feitas em resposta às sanções decorrentes do conflito com a Ucrânia. Além disso, nesta semana a Finlândia apresentou uma candidatura à Otan, e o Kremlin já havia prometido retaliações caso isso ocorresse, segundo o portal g1.

A companhia afirmou que com a reserva de gás que ainda possui, será possível manter o abastecimento de gás aos consumidores finais “pelos próximos meses”. “Nós já estávamos nos preparando para esta situação e não haverá interrupção na transmissão de gás aos consumidores, por isso seremos capazes de continuar fornecendo gás pelos próximos meses”, completou o comunicado da empresa.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Publicidade

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

 

Publicidade