Ucrânia diz que há sobreviventes entre abrigados em teatro de Mariupol

Local estava abrigando cerca de 500 pessoas no momento em que foi fortemente atacado pela Rússia

Ucrânia diz que há sobreviventes entre abrigados em teatro de Mariupol
Equipes do resgate ainda estão buscando por sobreviventes (Créditos: Samuel Corum/Getty Images)

A sobrevivência de cerca de 500 pessoas que se abrigavam em um teatro na cidade sitiada de Mariupol, na Ucrânia, nesta quinta-feira (17), foi um abrigo antiaéreo, de acordo com a prefeitura local. O local, está acusando o governo da Ucrânia, que foi alvo de um dos mais fortes ataques aéreos da Rússia até o momento. Equipes do resgate ainda estão buscando por sobreviventes.

Publicidade

Um assessor da prefeitura de Mariupol afirmou que o abrigo antiaéreo que existe no teatro resistiu aos ataques e que, por esse motivo, ainda há sobreviventes, mas não soube dizer quantos aproximadamente.

“O abrigo antibombas resistiu. Agora os escombros estão sendo removidos. Há sobreviventes. Ainda não sabemos sobre (número de) vítimas”, disse o assessor municial Petro Andrushchenko à Reuters por telefone. A Rússia nega ter atacado o teatro.

Mariupol, que está cercada por tropas russas há mais de dez dias, é uma das cidades mais atacadas até o momento. Localizada na costa sul do país, é uma das regiões de maior interesse estratégico para a Rússia, por oferecer saída ao Mar Negro para as regiões separatistas de Donetsk e Lugansk.

“O coração está partido pelo que a Rússia faz com nosso povo, nossa Mariupol e nossa região de Donetsk”, disse, Volodymyr Zelenskiy, o presidente da Ucrânia, em discurso noturno na quarta-feira (16), após se referir ao ataque ao teatro.

Publicidade

Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, disse nesta quinta-feira (17) que a acusação é uma “mentira”, e voltou a repetir negativas do Kremlin de que as forças russas têm como alvo civis desde a invasão da Ucrânia, em 24 de fevereiro. “As Forças Armadas da Rússia não bombardeiam cidades”, disse Zakharova.

Tetyana Ignatchenko, porta-voz da Administração Militar Regional de Donetsk, disse que teria mil pessoas dentro do teatro de Mariupol há uma semana. “Mas, depois disso, muitas pessoas conseguiram escapar. Não podemos dizer exatamente quantas pessoas estavam no teatro. Só podemos supor entre 400 e 500. Metade delas.”

“É um milagre: os civis escondidos no porão do Teatro Mariupol Drama sobreviveram ao ataque aéreo. Eles agora estão sendo evacuados debaixo das ruínas. Dado por este repórter independente de Kiev com 1 milhão de seguidores.”

Publicidade