Conflito Rússia x Ucrânia

Ucrânia pede ao G7 que confisque bens russos para reconstrução do país

Dmytro Kuleba, ministro das Relações Exteriores, foi convidado para participar de uma reunião em Wangels, no norte da Alemanha.

ucrania-pede-ao-g7-que-confisque-bens-russos-para-reconstrucao-do-pais
Dmytro Kuleba (Créditos: Alex Wong/Getty Images)

O ministro ucraniano das Relações Exteriores, Dmytro Kuleba, disse nesta sexta-feira (13) que pediu aos países que fazem parte do G7 que confisquem bens russos. Esses servirão para reconstrução de seu país. A declaração foi feita durante uma reunião de seus homólogos na Alemanha.

Publicidade

“Hoje pedi aos Estados do G7 que adotem leis e estabeleçam todos os procedimentos necessários para confiscar bens russos e entregá-los para a Ucrânia para reconstrução”, declarou o ministro. Kuleba foi convidado para participar de uma reunião em Wangels, no norte da Alemanha, de acordo com o portal Uol.

Chefes da diplomacia das sete potências mais ricas estavam no encontro. Nesta sexta-feira (13), o conflito entre Rússia e Ucrânia chega a seu 79º dia.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade