Ucrânia tem quatro portos fechados após invasão da Rússia

A cidade Kherson, foi a primeira a ser tomada pela tropa russa no começo deste mês. Na ocasião, o prefeito da cidade disse que não tinha exército da Ucrâni

Ucrânia tem quatro portos fechados após invasão da Rússia
De acordo com o governo, após ataques da Rússia, foi decidido o fechamento do local (Créditos: Uriel Sinai/Getty Images)

Foi informado pelo Ministério de Infraestrutura da Ucrânia nesta segunda-feira (21), que quatro portos da cidades de Mariupol, Berdyanks, Skadovsk e Kherson foram fechados temporariamente. De acordo com o governo, após ataques da Rússia, foi decidido o fechamento do local.

Publicidade

A cidade Kherson, foi a primeira a ser tomada pela tropa russa no começo deste mês. Na ocasião, o prefeito da cidade disse que não tinha exército da Ucrânia. O governo da Ucrânia informou que, “a infraestrutura de eclusas do Dnieper, ao sul de Kiev, está em funcionamento, exceto a eclusa de Kakhovka, que é ocupada pela Rússia”.

Nesta segunda-feira (21), a guerra está completando seu 26º dia. Os negociadores da Rússia e da Ucrânia, mais cedo, fizeram uma chamada de vídeo de 90 minutos, os grupos de trabalho vão continuar se reunindo ao longo do dia, comentou um membro da delegação da Ucrânia.

Ataques em Mariupol

A Rússia vem atacando Mariupol há semanas, de acordo com o governo ucraniano. Nos primeiros dias de corredor humanitário, a população não conseguiu sair da cidade. No momento, a Rússia prevê mais uma semana para tomar a cidade toda, de acordo com o líder separatista. Josep Borrell, chefe da União Europeia, afirmou que o cerco e os ataques a Mariupol constituem um “enorme crime de guerra”.

Um ultimato tinha sido anunciado pelo comando militar do Kremlin Às autoridades de Mariupol até as 5h de hoje (0h, em Brasília). Iryna Vereshchuk, vice-primeira-ministra da Ucrânia, rejeitou o ultimato da Rússia e afirmou que Moscou deveria, em troca, permitir que os residentes bloqueados deixassem a cidade.

Publicidade

Sumiço de grãos

Cinco navios com dezenas de milhares de toneladas de grãos desapareceram do porto de Berdyansk, sitiada pelos russos. “Testemunhas oculares dizem que eles foram levados por rebocadores russos”, disse o Centro de Comunicações Estratégicas e Segurança de Informação.

Autoridades locais disseram que tinham cinco navios no porto, sendo que alguns deles completamente carregados. “Alguns dias atrás, esses navios desapareceram do porto de Berdyansk”, disse o chefe da região de Zaporizka, Alexander Starukh. “As pessoas dizem que foram levadas por rebocadores russos. Havia dezenas de milhares de toneladas de grãos ucranianos lá”, acrescentou Starukh.

“O navio de desembarque russo “Orsk”, escoltado pelas forças navais da Frota do Mar Negro, entrou e descarregou equipamentos militares no porto de Berdyansk. As forças ucranianas em Berdyansk entregaram o porto sem luta, deixando toda a infraestrutura portuária intacta.”

Publicidade