Conflito Rússia x Ucrânia

Zelensky acusa Rússia de uso de bombas de fósforo

Desde 1997, as bombas de fósforo são proibidas no mundo inteiro pela Convenção de Armas Químicas. Zelensky disse em seu discurso, no parlamento da Estônia, que as tropas russas utilizam táticas terroristas em civis ucranianos.

zelensky-acusa-russia-de-uso-de-bombas-de-fosforo
Volodymyr Zelensky (Créditos: Sean Gallup/ Getty Images)

Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, acusou a Rússia de ter usado bombas de fósforo branco, que são proibidas pela ONU. A declaração foi dada nesta quarta-feira (13). 

Publicidade

Desde 1997, as bombas de fósforo são proibidas no mundo inteiro pela Convenção de Armas Químicas. Segundo a Human Rights Watch, a munição pode causar ardência interna, queimaduras e até mesmo a corrosão dos ossos. 

As autoridades ucranianas já haviam afirmado nesta terça-feira (12) que investigam o uso de bombas de fósforo em um ataque no último fim de semana em Mariupol. Ainda, Zelensky disse em seu discurso no parlamento da Estônia que as tropas russas utilizam táticas terroristas em civis ucranianos.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Publicidade

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.