Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Vera Cruz e Catanduva abrem edição 2020 da Liga de Basquete Feminino

vera-cruz-e-catanduva-abrem-edicao-2020-da-liga-de-basquete-feminino

O duelo paulista entre Vera Cruz e Bax Catanduva, marcado para o dia 8 de março, às 19h15 (horário de Brasília), no ginásio da Unidade Paineiras da Ponte Preta, em Campinas (SP), inaugura a edição 2021 da Liga de Basquete Feminino (LBF). A entidade divulgou a tabela do primeiro turno, com 28 jogos, até o dia 2 de maio.

A competição reunirá oito equipes, sendo sete remanescentes da temporada passada, que teve três jogos realizados antes de ser interrompida (e posteriormente cancelada) por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Campeão da última edição finalizada, em 2019, o maranhense Sampaio Corrêa estreia no dia 14 de março, às 14h, fora de casa, contra as paulistas do Sesi Araraquara.

Na primeira fase, os participantes se enfrentam em turno e returno para definir as respectivas posições no mata-mata. Nas quartas de final, o time de melhor campanha enfrenta o oitavo, o segundo pega o sétimo, o terceiro duela com o sexto e o quarto encara o quinto. Tanto nas quartas como na semifinal, os confrontos serão em melhor de três jogos. Já a final terá até cinco partidas, ou seja, leva o título quem vencer três.

Reforços

Nesta quarta-feira (10), o Sampaio anunciou a renovação com a ala Rapha Monteiro, campeã da LBF em 2019 assim como a capitã Tati Pacheco, com quem o clube já havia prorrogado o vínculo (ela vai para a quarta temporada na Bolívia Querida). O time maranhense contratou, também, as alas Thainá Andrade e Jeanne, a ala-pivô Lee Lisboa, além da ala-armadora Erika Leite. Ex-clube de Erika, o paulista Santo André/Apaba acertou com a ala-pivô Sassá e a pivô Glenda.

 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Sampaio Basquete (de 😷) (@sampaiobasquete)

Vice em 2019, o Vera Cruz renovou com o técnico bicampeão paulista Élcio Ortiz e trouxe as alas Gabi Santos e Cíntia Janowsky e a pivô Fabi Caetano. O Bax Catanduva, que retorna à LBF após três anos e será o rival campineiro na estreia, anunciou a ala-pivô Fernanda Sena e Nicole Chirinda, além das pivôs Flávia Luiza e Lis. Esta última deixou a equipe catarinense do Blumenau, que se reforçou com a ala Leila Zabani, a ala-armadora Letícia Rechembak e a armadora Cacá.

Agência Brasil