Butantan ofereceu 3 milhões de doses da vacina da gripe, mas foi ignorado pelo Ministério da Saúde

Segundo diretor do Instituto, oferta foi feita há 15 dias em função do crescimento de casos de síndrome respiratória em diversas cidades do país

Butantan ofereceu 3 milhões de doses da vacina da gripe, mas foi ignorado pelo Ministério da SaúdeButantan ofereceu 3 milhões de doses da vacina da gripe, mas foi ignorado pelo Ministério da Saúde
Vacina contra a gripe é produzida pelo Instituto Butantan, em São Paulo (Crédito: Scott Olson/Getty Images)

O Instituto Butantan ofereceu 3 milhões de doses remanescentes da vacina da gripe da última campanha ao Ministério da Saúde, por conta do aumento de casos da doença em diversas cidades do país, mas não obteve resposta, disse o diretor do Instituto, Dimas Covas.

Publicidade

Ainda de acordo com o diretor, a oferta foi enviada há 15 dias e segue sem retorno.

Oferecemos já há 15 dias 3 milhões de doses dessas vacinas que são remanescentes da última campanha. Não tivemos nenhuma resposta, não tivemos uma resposta afirmativa por parte do Ministério. Houve a solicitação do município do Rio de Janeiro, porque lá sim está ocorrendo um surto gripal do vírus H3N2 e nós doamos pra cidade do Rio de Janeiro 400 mil doses, mas temos ainda 3 milhões de doses para serem ofertadas para aqueles que precisarem“, afirmou Dimas Covas, em entrevista à GloboNews nesta manhã.

O Butantan é o principal produtor e fornecedor do imunizante para o Programa Nacional de Imunização (PNI). A campanha começou em abril deste ano e foi sendo ampliada em diversos estados para ampliar a adesão da população.

O Instituto Butantan disponibiliza ao Brasil 80 milhões de doses da para a campanha nacional, com produção integral do imunizante e sem necessidade de importação de matéria-prima, segundo G1.

Publicidade

O imunizante deste ano é constituído por três cepas de Influenza: A/Victoria/2570/2018 (H1N1)pdm09; A/Hong Kong/2671/2019 (H3N2); e B/Washington/02/2019 (linhagem B/Victoria).

Publicidade