Distrito Federal volta a exigir máscaras em locais abertos

A exigência também é válida para transportes públicos, estabelecimentos comerciais e indústrias

O governo do Distrito Federal (GDF) voltou a exigir uso de máscaras de proteção facial em locais abertos para tentar frear a explosão de casos de covid-19.

Publicidade

As máscaras tornaram-se de novo obrigatórias em espaços públicos e qualquer local ao ar livre, como vias públicas, parques e áreas de uso comum em condomínios na capital federal. A exigência também é válida para transportes públicos, estabelecimentos comerciais e indústrias.

Apenas atletas e árbitros poderão ficar sem máscara durante jogos, além de vocalistas e pessoas que toquem instrumentos musicais de sopro em apresentações ao vivo.

Outro decreto do GDF retomou medidas mais rígidas de restrição e distanciamento em estabelecimentos de culturais e de entretenimento, como bares, restaurantes, boates e casas noturnas.

A norma proibiu aglomerações nesses estabelecimentos, como pistas de dança. O GDF já havia vedado eventos públicos e privados com a cobrança de ingresso.

Publicidade

(Agência Brasil)