surto em sp

Mulher morre por meningite em São Paulo; como se prevenir da doença?

A vítima era moradora da região que abrange a Vila Formosa e o Aricanduva, dois bairros da zona leste da capital.

mulher-morre-por-meningite-em-sao-paulo-como-se-prevenir-da-doenca
Imagem de uma bactéria (Créditos: Reprodução/Flickr)

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo confirmou na terça-feira (27) a morte de uma mulher, de 42 anos, por meningite. A vítima era moradora da região que abrange a Vila Formosa e o Aricanduva, dois bairros da zona leste da capital, onde há um surto da doença.

Publicidade

A mulher foi diagnosticada com meningite meningocócica do tipo C, o mesmo tipo da doença encontrado em outras quatro pessoas no período de 16 de julho a 15 de setembro na região.

O que é a meningite?

A meningite causada por bactérias, como a meningite meningocócica, é um problema grave, bastante contagioso e que pode provocar sequelas ou até morte. Embora possa ocorrer em qualquer idade, crianças e idosos têm maior risco de contágio, assim como grávidas e pessoas que não se vacinaram ou estão com o sistema imunológico comprometido.

As meninges são membranas de tecido conjuntivo que envolvem o cérebro e a medula espinhal, com o objetivo de proteção. Quando uma bactéria ou vírus, por alguma razão, consegue vencer as defesas e chegar às meninges, elas se inflamam e causam as meningites.

Como prevenir?

Atualmente, existem vacinas disponíveis contra o meningococo e o pneumococo, agentes comuns em meningites bacterianas, que são as mais graves.

Publicidade

Além da vacina, veja outra formas de se proteger da meningite:

  • Lavar as mãos com frequência, especialmente após trocar fraldas, usar o banheiro, antes de comer e ao assoar o nariz;
  • Cobrir a boca ao espirrar ou tossir;
  • Manter os ambientes sempre ventilados;
  • Ter uma dieta equilibrada e fazer exercícios.