RANKING

Produção agropecuária alcança R$ 1,189 trilhão em 2022; MT lidera entre os estados

Lavouras responderam por 68,5% do valor total e pecuária por 31,5%.

Produção Agropecuária alcança R$ 1,189 trilhão em 2022; MT lidera entre os estados
Soja, bovinos e milho foram os três produtos de maior valor agregado da Agropecuária (Crédito: Canva Fotos)

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP), formado pelas lavouras e pecuária, encerrou o ano passado com valor de R$ 1,189 trilhão. Este número é o segundo maior em uma série de 34 anos de cálculo desse indicador.

Publicidade

O faturamento das lavouras foi de R$ 814,77 bilhões, respondendo por 68,52% do total; e o da pecuária de R$ 374,27 bilhões, com 31,48%. Veja os itens que mais se destacaram (valores expressos em bilhões de reais):

Culturas Agrícolas-

1- Soja338,13
2- Milho148,64
3- Cana99,27
4- Café55,89
5- Algodão34,59

Pecuária-

1- Bovinos151,10
2- Frango112,08
3- Leite58,94
4- Suínos31,93
5- Ovos20,21

 

Dentre as 27 unidades da federação (26 estados mais o Distrito Federal), Mato Grosso, com 17,73% encabeça a lista do VPB; a seguir vêm São Paulo (12%), Paraná (11,95%), Minas Gerais (11,1%) e Goiás (9,01%).

O crescimento das exportações do agronegócio brasileiro e dos preços agrícolas contribuiu para o resultado positivo registrado em 2022.

Publicidade

Por outro lado, o fator que mais prejudicou o desempenho foi a estiagem, especialmente na região Sul do Brasil e em parte do Centro-Oeste, que resultou em prejuízos aos agricultores causados por perdas de produção de soja, milho e feijão. A pecuária também foi afetada devido às perdas de insumos básicos.

Os produtos que mais se destacaram em 2022 foram o algodão, café, milho, trigo e leite. Esses cinco produtos juntos atingiram, no ano em questão, o maior valor do VBP em todo o período histórico.

Para o ano de 2023, as primeiras estimativas projetadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) com relação ao VBP é 6,3% maior que o do ano que se encerrou, podendo atingir R$ 1,263 trilhão. As lavouras devem ter um aumento real de 8,3%, e a pecuária de 1,9%.

Publicidade

Até o momento, os fatores mais relevantes para este ano são de recuperação do VBP da soja, que deve chegar a R$ 406,4 bilhões. Para o café, algodão e trigo o desempenho esperado é menos favorável.

Os cinco primeiros produtos de destaque no valor bruto para 2023 devem ser a soja, milho, cana, café e algodão; juntos eles representam mais de 83% do total do VPB.

Publicidade
Siga a gente no Google Notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.