Procedimento inédito

Bebê passa por duas cirurgias dentro do útero da mãe

O pequeno estava com um tumor “duas vezes o tamanho da cabecinha dele”, como relatou a mãe.

bebe-passa-por-cirurgia-dentro-do-utero-da-mae
O bebê foi diagnosticado com um tumor (Crédito: Canva)

O bebê Ragnar Brant passou por duas cirurgias dentro da barriga da mãe, depois que exames confirmaram um tumor no tórax, no segundo trimestre da gravidez. A massa estava comprimindo órgãos importantes e causava risco para o bebê. Os pais da criança procuraram especialistas em todo o Brasil e encontraram uma equipe especializada nesse tipo de procedimento em Brasília, onde moram.

Publicidade

A médica especialista em cirurgia fetal Danielle Brasil, do Hospital Santa Lúcia, foi quem operou o bebê. De acordo com o G1, a médica relatou que é um procedimento muito delicado e que é realizado quando o bebê corre riscos. “A gente entra com uma agulha grossa no tórax, anestesia o bebê, anestesia bem a parede do útero, e a barriga da mãe”.

Ragnar passou por duas cirurgias, pois quando fez a primeira o tumor voltou a cresce. Segundo a mãe do bebê o tumor chegou a ficar “duas vezes o tamanho da cabecinha dele”, além disso, estava tão grande que comprimia os órgãos, desviando o coração e provocando um quadro que o neném fica inchado em várias partes do corpo. Não tinha o que fazer a não ser intervir com uma cirurgia.

Na segunda cirurgia foi realizado um procedimento que queima o tumor. “Quanto mais eu queimava o tumor, mais difícil ficava, porque a gente ia perdendo visibilidade. Mas a gente persistiu e queimou tudo que a gente conseguiu”, afirmou a médica para o G1. Os pais da criança deram o nome de Ragnar, por ser o nome de um guerreiro viking, em uma série de televisão britânica.

Profissionais de Saúde

Nesta sexta-feira (27), a diretora da Organização Pan Americana da Saúde (OPAS), Carissa F. Etienne, disse que o déficit da força de trabalho em saúde nas Américas chega a 600 mil profissionais.

Publicidade

Publicidade