Brasileiros manifestam contra a guerra na Ucrânia

Cidadãos de São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro se manifestam contra a invasão russa à Ucrânia

brasileiros-manifestam-contra-a-guerra-na-ucrania
Brasileiros declaram apoio à Ucrânia (Crédito: Canva)

Brasileiros realizam manifestações contra a guerra na Ucrânia. De forma pacífica no Brasil irá acontecer manifestações contra a invasão da Rússia à Ucrânia. Nesta sexta-feira (25), brasileiros se reuniram em frente ao Masp, desde às 12h para iniciar o apoio à Ucrânia.

Publicidade

O ex-deputado estadual e federal, ex-secretário de Direitos Humanos e Cidadania e atual vereador da cidade de São Paulo, Eduardo Suplicy participou da manifestação em frente ao Masp. Em sua rede social escreveu “Não a guerra! Estou em frente ao Masp participando da manifestação de apoio ao povo da Ucrânia e contra a invasão da Rússia. Ucranianos, russos e brasileiros estão aqui pedindo o fim do conflito.”

O governador de São Paulo, João Dória disse em suas redes sociais que ninguém ganha quando a violência substitui o diálogo. “Condenável a invasão da Ucrânia pela Rússia. Guerra nunca é resposta a nada. Ninguém ganha quando a violência substitui o diálogo. Muitos acabam pagando pelas decisões de poucos. O que está em jogo são milhões de vidas humanas. Mais do que nunca o mundo precisa de paz.”

Ainda nesta sexta-feira (25), ocorrerá em Terreiro de Jesus, Salvador uma manifestação ás 20h. Na segunda-feira (28), às 12h, também está previsto um protesto pacífico no Rio de Janeiro contra a agressão russa na Ucrânia. A manifestação será em frente ao Consulado da Rússia que fica na Rua Professor Azevedo Marques, 50, Leblon.