assassinato na amazônia

Caso Dom e Bruno: PF investiga 5 suspeitos de envolvimento no crime

Duas pessoas já foram presas por suposto envolvimento no desaparecimento da dupla:  Amarildo da Costa Oliveira e Oseney da Costa de Oliveira.

Análise dos assassinatos de Bruno e Dom cabe à Justiça Federal
Dom Phillips e Bruno Pereira (Crédito: Reprodução/ The Guardian)

A Polícia Federal (PF) está investigando cinco suspeitos do assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips. As informações foram apuradas nesta quinta-feira (16) pela GloboNews.

Publicidade

Até o momento, as investigações da PF indicam que, possivelmente, três pessoas tem envolvimento direto na morte de Bruno e Phillips. O outro suspeito estaria envolvido na tentativa de ocultar os restos mortais, já recolhidos pela PF, que podem ser do jornalista e do indigenista. E por fim, o último investigado seria o possível mandante do crime.

O número de suspeitos vai mudando conforme novas provas são adicionadas à investigação. Um terceiro pedido de prisão pode ser expedido em breve e, agora, o inquérito tenta esclarecer se o caso tem ligação com crimes anteriores desses mesmos suspeitos.

Duas pessoas já foram presas por suposto envolvimento no desaparecimento da dupla: Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como “Pelado” – que confessou o crime nesta quarta (15) –, e Oseney da Costa de Oliveira. Eles são irmãos.

Publicidade

Publicidade