Congresso derruba veto de Bolsonaro e promulga R$ 5,7 bi para fundo eleitoral

Apesar da derrubada do veto, ainda não está definido qual será o valor do fundão para 2022

congresso-derruba-veto-de-bolsonaro-e-promulga-5,7-bi-para-fundo-eleitoral
(Crédito: Geraldo Magela/Agência Senado)

Nesta sexta-feira (17), o Congresso Nacional derrubou o veto do presidente Jair Bolsonaro (PL) e manteve o valor de R$ 5,7 bi em recursos públicos destinado ao fundo eleitoral de 2022.

Publicidade

Deputados e senadores alteraram o trecho da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) que será promulgado e entrará em vigor. Eleitores da base governista e da oposição votaram a favor do novo fundo.

No Senado, 53 parlamentares votaram pela derrubada e 21 pela manutenção do veto. Já na Câmara, foram 317 votos a favor da derrubada e 146 contra.

O atual partido de Bolsonaro, o PL, defendeu a derrubada do veto. Parlamentares do ”centrão” também apoiaram a medida. Da mesma forma, os deputados de oposição do PT foram a favor do fundo eleitoral de até R$ 5,7 bilhões.

Os partidos PSL, NOVO, PSOL e Podemos, orientaram que seus parlamentares votassem contra o aumento do fundo.

Publicidade

Apesar da derrubada do veto, ainda não está definido qual será o valor do fundão para 2022.

Caberá ao relator-geral do Orçamento, deputado Hugo Leal (PSD-RJ), decidir o valor da verba. A votação da peça orçamentária está marcada para a próxima semana.

Logo, o valor do fundo eleitoral pode ser menor que R$ 5,7 bi.

Publicidade