Lira diz que sistema eleitoral brasileiro é “confiável” e pede “tranquilidade política”

O presidente da Câmara também disse que a “polarização” deve ficar só para o momento da eleição.

Lira diz que sistema eleitoral brasileiro é "confiável" e pede "tranquilidade política"
Arthur Lira afirmou que as instituições devem permanecer na esfera constitucional para uma democracia estável e forte (Crédito: Waldemir Barreto/Agência Senado)

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), afirmou que o sistema eleitoral brasileiro é “confiável” durante seu discurso em evento da BTG Pactual, que acontece em Nova Iorque, nesta terça-feira (10). A cinco meses das eleições, Lira também ressaltou a força das instituições e pediu “tranquilidade política” ao Brasil:

Publicidade

“Eu fui eleito nesse sistema durante seis eleições e não posso dizer que esse sistema não funciona. O sistema é confiável. Precisa de ajustes? Precisa. Mas é importante que nós tenhamos tranquilidade política no pleito, e nós haveremos de ter. Como eu disse no início da nossa fala, as instituições brasileiras são fortíssimas, elas funcionam plenamente.”

Publicidade

O discurso de Lira acontece em meio à desconfiança de bolsonaristas em relação ao sistema eleitoral brasileiro. Em manifestações recentes, os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PP) chegaram a pedir, além do voto impresso, a deposição de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e de ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

 

Publicidade