Lula é aplaudido de pé ao fazer discurso no Parlamento Europeu

O evento reuniu líderes da Europa e da América Latina para discutir maneiras de o mundo sair mais forte da pandemia da Covid-19

Lula é aplaudido de pé ao fazer discurso no Parlamento Europeu
Lula ao lado da eurodeputada Iratxe García, e do ex-presidente da Espanha José Luís Zapatero (Crédito: Reprodução/ Redes Sociais Iratxe García)

O ex-presidente Lula foi aplaudido de pé pelos eurodeputados que acompanharam seu discurso no Parlamento Europeu, em Bruxelas, Bélgica, nesta segunda-feira (15). O pré-candidato do PT conduz uma turnê pela Europa.

Publicidade

Lula participou da Conferência de Alto Nível da América Latina, promovida pelo bloco social democrata no Parlamento Europeu. O evento reuniu líderes da Europa e da América Latina para discutir maneiras de o mundo sair mais forte da pandemia da Covid-19 a partir de uma agenda progressista. Lula fez a palestra principal do evento, ao final da qual foi ovacionado.

O mundo não suporta mais fascismo, o mundo não suporta mais nazismo, o mundo precisa de democracia, o mundo precisa de paz e não de guerra, o mundo precisa de livros e não de armas. O mundo precisa de amor e não de ódio e esse mundo só nós seremos capazes de construir.” Disse Luiz Inácio Lula da Silva em um trecho do seu discurso, veja abaixo.

Ainda em seu discurso, Lula afirmou que o Brasil voltará a ser uma força positiva no mundo. “O Brasil é o país que num passado muito recente encantou o mundo com as suas políticas inovadoras, que retiraram da extrema pobreza 36 milhões de pessoas – o equivalente à soma das populações inteiras de Portugal, Suécia, Dinamarca e Irlanda. O Brasil é o país que assumiu voluntariamente diante do mundo o compromisso de reduzir em 75 por cento o desmatamento na Amazônia, como forma de conter a emissão de gases poluentes. E cumprimos antecipadamente nossa promessa – entre 2004 e 2012, nós, de fato, reduzimos em 80 por cento o desmatamento da Amazônia, contribuindo para minimizar o avanço das mudanças climáticas“, lembrou Lula

Publicidade

A eurodeputada Inmaculada Rodríguez-Piñero compartilhou o momento em seu Twitter. “Ovação merecida para Lula no Parlamento Europeu, após um discurso que não deixa ninguém indiferente”, escreveu.