nova regra

Máscaras voltam a ser exigidas em aviões e aeroportos nesta sexta-feira (25)

No interior das aeronaves e demais ambientes dos terminais (como praças de alimentação), somente será permitida a remoção da máscara para hidratação e alimentação.

mascara-em-avioes
A Anvisa determinou o uso devido ao aumento de casos da Covid-19 (Kevin Dietsch/Getty Images))

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu na noite desta terça-feira (22) determinar o uso de máscaras em aviões e aeroportos obrigatório no Brasil. A medida começa a valer nesta sexta-feira (25).

Publicidade

Anteriormente, a obrigatoriedade esteve em vigor entre 2020 e 17 de agosto de 2022. Os diretores justificaram a suspensão, três meses atrás, que o então cenário da pandemia permitiu que o uso obrigatório fosse convertido em uma medida de proteção individual.

Devido ao expressivo aumento de casos da Covid-19 nas últimas semanas, a Anvisa determinou que o uso de máscaras é obrigatório tanto no interior dos terminais aeroportuários e aviões, como em meios de transporte (como ônibus) e outros estabelecimentos localizados nessas áreas.

As máscaras devem estar ajustadas ao rosto, cobrindo o nariz, queixo e boca, minimizando espaços que permitam a entrada ou saída do ar e de gotículas respiratórias. Além disso, no interior das aeronaves e demais ambientes dos terminais (como praças de alimentação), somente será permitida a remoção da máscara para hidratação e alimentação.

São exceção para a regra crianças com menos de 3 anos de idade, pessoas com transtorno do espectro autista, deficiência intelectual, deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado da proteção.

Publicidade

A partir do próximo dia 25, a ANVISA determinou o uso de máscaras nas dependências dos aeroportos do país e dentro dos aviões. #borabrasil #bandjornalismo pic.twitter.com/5xCrplgUh3

— Band Jornalismo (@BandJornalismo) November 23, 2022

Publicidade