Mourão se filia ao Republicanos e confirma candidatura ao Senado

Durante o evento de filiação, Mourão mostrou lealdade e apoio a reeleição de Bolsonaro

mourao-se-filia-ao-republicanos-e-confirma-candidatura-ao-senado
O vice-presidente brasileiro Hamilton Mourão olha após a comemoração do Dia do Soldado no quartel-general militar em 25 de agosto de 2021 em Brasília, Brasil. (Crédito: Andressa Anholete/Getty Images)

O vice-presidente Hamilton Mourão se filiou nesta quarta-feira (16) ao Republicanos e confirmou sua pré-candidatura ao Senado Federal pelo estado do Rio Grande do Sul nas eleições de 2022.

Publicidade

“Resolvi juntar-me a esse valoroso grupo de homens e mulheres que integram o Republicanos com a finalidade de assumir a pré-candidatura ao Senado Federal pelo meu estado natal, o Rio Grande do Sul”, declarou Mourão.

Durante a cerimônia que ocorreu em Brasília, na sede da legenda, Mourão mostrou lealdade e apoio a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL). “Cheguei aqui como vice-presidente do presidente Jair Bolsonaro e ele sabe perfeitamente que tem toda minha lealdade e apoio irrestrito em seu projeto de reeleição, que considero fundamental para que continuemos a dar os passos necessários no rumo das soluções, para que o Brasil atinja seu destino manifesto: ser a maior e mais próspera democracia liberal ao sul do Equador.”

Filiado ao PRTB até então, o general decidiu migrar para um partido maior a fim de ter maior acesso ao fundo eleitoral e a tempo de propaganda na televisão. Também houve negociações com o Progressistas e o União Brasil.

Questionado sobre quem seria a melhor opção de vice para Bolsonaro, Mourão citou o general Walter Braga Netto, atualmente no cargo de ministro da Defesa. Segundo Hamilton, Braga Netto é “uma pessoa extremamente capacitada” para o cargo.

Publicidade