Rodízio de SP está suspenso após a obra do metrô desabar

Uma rota alternativa emergencial será implantada

rodizio-de-sp-esta-suspenso-apos-a-obra-do-metro-desabar
O acidente foi na obra da Linha 6-Laranja do Metrô na pista local da Marginal Tietê (Crédito: Reprodução / Twitter @LemusteleSUR)

Rodízio de São Paulo está suspenso após a obra do metrô desabar e abrir cratera na Marginal Tietê. O rodízio municipal de veículos ficará suspenso na cidade de São Paulo até sexta-feira (4), por conta do acidente na obra da Linha 6-Laranja do Metrô na pista local da Marginal Tietê, na Freguesia do Ó, Zona Norte.

Publicidade

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), as pistas local e central da Marginal Tietê, sentido rodovia Ayrton Senna, continuam interditadas. A empresa informou que o buraco parou de ceder e foi estabilizado na medida que trabalhadores da empresa da obra começaram a concretar a cratera e escoar a água.

O prefeito Ricardo Nunes (MDB), disse que na manhã desta quarta-feira (02) serão colocadas estacas entre as pistas central e local para evitar que a cratera aumente. Ainda o prefeito publicou no Diário Oficial uma rota alternativa na Marginal pela rua Aquinos e abrindo uma via provisória em terrenos públicos e privados. A data da implantação ainda não foi passada, pois é necessária a autorização dos donos dos lugares privados.

O Diário Oficial do Estado também publicou nesta quarta-feira (02), que a constituição do comitê criado pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos, em conjunto com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente com alguns profissionais, irão apurar os fatos do que ocasionou o acidente.

Na manhã de terça-feira (01), o governador de São Paulo, João Dória postou nas redes sociais sobre o acidente e disse ter pedido apuração imediata do caso.

Publicidade