Volkswagen sofre ataques após peça publicitária

A empresa afirma que comentários ofensivos e desrespeitosos são apagados das páginas.

volkswagen-sofre-ataques-homofobicos-apos-peca-publicitaria
Imagem publicada pela Volkswagen para apresentar o veículo Polo (Crédito: Reprodução/ Instagram @vwbrasil)

A marca de carros Volkswagen, sofreu ataques homofóbicos após lançar novas peças publicitárias nas redes sociais. A empresa apresentou o veículo Polo com um casal homoafetivo e a bandeira do movimento LGBTQIA+ em uma das publicidades. A propaganda é ilustrada com a foto de dois homens se olhando e com o carro em segundo plano.

Publicidade

Os ataques nas redes sociais criticaram a divulgação da empresa e questionaram o “marketing imparcial” e a “lacração se sobrepor ao carro”. Alguns usuários chegaram a comentar em vender o veículo da marca após a propaganda inclusiva. “Depois dessa melhor mudar de marca”. Outro usuário comentou que eles querem ver somente o carro. “Era bom quando as montadoras vendiam carros. Queremos ver o carro. Não é um par, um casal, uma mulher, um homem. Pessoal quer vender com estratégias sem sentido”.

Algumas pessoas se posicionaram contra os comentários homofóbicos e elogiaram a publicidade. “Com certeza um ótimo carro! VW como sempre liderando. Parabéns pela representatividade.” O doutor em educação e ativista LGBTQI+, Toni Reis, foi uma das pessoas que elogiou a publicação. “Parabéns…excelente abordagem”. A Volkswagen afirma comentários ofensivos e desrespeitosos são apagados das páginas.

Em nota enviada a CNN, a Volkswagen diz:

“A diferença enriquece, o respeito une. A Volkswagen do Brasil celebra a diversidade sexual e de identidade de gênero. Promover a Diversidade & Inclusão é um dos pilares estratégicos da marca. A premissa da marca é garantir um comportamento respeitoso e inclusivo, dentro e fora da empresa, com parceiros diretos ou indiretos de negócio. A Volkswagen lançou uma cartilha de Diversidade & Inclusão para toda sua cadeia de fornecedores e rede de concessionárias no Brasil e, continuamente, desenvolve debates com seus funcionários, em todas as esferas hierárquicas. Acreditamos que cada pessoa, de diferentes raças, etnias, gênero, orientação sexual e idade/geração, tem experiências únicas, que somadas contribuem para fortalecer não somente a cultura da empresa, mas também o ambiente em que vivemos. Temos como responsabilidade continuar aprendendo de que forma podemos contribuir para a luta contra qualquer forma de preconceito, pois consideramos fundamental conciliar as diferenças para a construção de uma sociedade justa para todos. No que tange a interação com os usuários, comentários ofensivos e desrespeitosos, são devidamente apagados de nossas páginas.”

Publicidade

Publicidade