Ataque cibernético da Rússia atinge embaixada da Ucrânia no Brasil

A Ucrânia é alvo da Rússia desde a última quinta-feira (24), em que a invasão e os ataque se iniciaram

ataque-cibernetico-da-russia-atinge-embaixada-da-ucrania-no-brasil
“Ataques cibernéticos massivos”, afirma Anatoliy Tkach (Créditos: Sean Gallup/Getty Images)

Anatoliy Tkach, encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil, afirmou neste domingo (27) que os canais da embaixada ucraniana no país foram bloqueados por ataques cibernéticos massivos” feitos pela Rússia. A Ucrânia é alvo da Rússia desde a última quinta-feira (24), em que a invasão e os ataque se iniciaram.

Publicidade

Em entrevista a jornalistas em Brasília, Tkach afirmou que “As autoridades ucranianas estão sofrendo ataques cibernéticos massivos. Também o nosso site, e nosso e-mail, não estão funcionando no momento”. De acordo com o portal G1, ele também comunicou que os interessados em oferecer ajuda humanitária ao país devem fazer contato por meio das redes sociais da embaixada.

“Pedimos a todos que entrem em contato conosco, quem tem essa possibilidade, através de nossas redes sociais. Nossos sites e correios eletrônicos oficiais não estão funcionando por causa dos ataques cibernéticos”, completou Tkach.

Entenda o conflito

Nesta quinta-feira (24), Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade

“Quem tentar inferir, ou ainda mais, criar ameaças para o nosso país e nosso povo, deve saber que a resposta da Rússia será imediata e levará a consequências como nunca antes experimentado na História”, afirmou Putin

Publicidade