Ataques em Kharkiv deixam mortos

O governador Oleg Synegubov disse nesta quarta-feira (2) que pelo menos 21 pessoas morreram

ataques-em-kharkiv-deixam-mortos
Cerca de 112 pessoas ficaram feridas (Créditos: Pierre Crom/Getty Images)

Ataques em Kharkiv, nesta quarta-feira (2) deixam pelo menos dois prédios pegando fogo e parte de um edifício desabou. De acordo com o jornal “The Guardian”, soldados russos teriam desembarcado em Kharkiv.

Publicidade

Segundo o órgão do Serviço de Segurança da Ucrânia, por volta das 3h, em horário local, aviões russos desceram com soldados e iniciara a luta contra as forças ucranianas. O governador Oleg Synegubov disse nesta quarta-feira (2) que pelo menos 21 pessoas morreram e 112 ficaram feridas com o bombardeio na cidade de Kharkiv.

De acordo com o portal G1, as autoridades informaram que os ataques com mísseis russos atingiram o centro da segunda maior cidade da Ucrânia, Kharkiv. Ainda, os ataques atingiram áreas residenciais e o prédio da administração regional.

Entenda o conflito

Nesta quinta-feira (24), Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade

“Quem tentar inferir, ou ainda mais, criar ameaças para o nosso país e nosso povo, deve saber que a resposta da Rússia será imediata e levará a consequências como nunca antes experimentado na História”, afirmou Putin

Publicidade