Cervejaria na Ucrânia é atacada pela Rússia e deixa pelo menos um civil morto

A ação ocorreu na região de Luhansk, na Ucrânia. A fábrica atingida pertence à cervejaria Lisichansk

Cervejaria na Ucrânia é atacada pela Rússia e deixa pelo menos um civil morto
Um vídeo mostra o momento exato em que a fábrica é atacada (Créditos: Divulgação / Redes Sociais)

Durante um bombardeio que atingiu uma cervejaria na região de Luhansk, região separatista no leste da Ucrânia, pelo menos um pessoa civil morreu devido ao ataque. Um vídeo mostra o momento exato em que a fábrica é atacada.

Publicidade

Sergei Gaidai, chefe da administração militar regional de Luhansk, confirmou o bombardeio: “Os invasores russos bombardearam a fábrica de cerveja Lisichansk, uma instalação muito estratégica. Um civil foi morto. Eles são indiscriminados; onde quer que atinjam, os civis sofrem.”

O Ministério da Defesa ucraniano estava ensinado a população a fazer coquetéis molotv para se defender dos ataques e tropas russas. Uma rede de TV chegou a transmitir instruções de como prepara a bomba caseira.

Guerra na Ucrânia

Nesta quarta-feira (2), a Rússia vem intensificando os bombardeio na Ucrânia, e mais de 25 pessoas já foram mortas em Kharkiv, a segunda maior cidade do país. Dois jogadores de futebol foram mortos no combate. De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, as forças armadas do país teriam dominado a cidade de Kherson, no sul da Ucrânia, onde vivem cerca de 250 mil pessoas. A informação vem da agência de notícias russa RIA, mas é negada pela Ucrânia.