Forças russas atacam torre de televisão em Kiev, na Ucrânia

Serviços de emergência confirmaram que pelo menos cinco pessoas foram mortas durante o ataque

Forças russas atacam torre de televisão em Kiev, na Ucrânia
O canal de televisão 1+1 afirmou que irá trabalhar para restaurar qualquer sinal perdido (Créditos: Reprodução / Redes Sociais @MFA_Ucrânia)

Uma torre de televisão na capital da Ucrânia, Kiev, foi atacada por forças russas, potencialmente interrompendo o sinal, disse Anton Herashchenko, assessor do Ministério do Interior ucraniano, nas redes sociais nesta terça-feira (1). Serviços de emergência confirmaram que pelo menos cinco pessoas foram mortas durante o ataque.

Publicidade

O canal de televisão 1+1 afirmou que irá trabalhar para restaurar qualquer sinal perdido. A área ao redor de uma grande torre de TV em Kiev foi atingida por ataques militares, de acordo com vídeos e fotos que estão circulando nas redes sociais que foram geolocalizados e verificados pela CNN internacional. “Os canais não funcionarão por um tempo”, disse o ministério ucraniano em um comunicado. “A transmissão de backup de alguns canais será habilitada em um futuro próximo”.

Os militares russos alertaram nesta terça-feira (1), que iria realizar ataques a Agência de Segurança do Estado da Ucrânia e “o 72º Centro Principal de Informações e Operações Psicológicas [PSO] em Kiev”. Até o momento não está claro se esses novos ataques tinha como alvo qualquer uma dessas entidades estatais ucranianas.

Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, condenou o ataque em uma publicação no Twitter. “Para o mundo: qual é o sentido de dizer “nunca mais” por 80 anos, se o mundo fica em silêncio quando uma bomba cai no mesmo local de Babyn Yar? Pelo menos 5 mortos. História se repetindo”, disse o líder em referência ao fuzilamento em massa, conduzido pelos alemãs nazistas, durante a ocupação de Kiev na Segunda Guerra Mundial.

O Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia afirmou que a Rússia foi bárbara pelo ataque à torre de TV em um local próximo a um memorial que homenageia as vítimas de BAbyn Yar, um dos maiores massacres de judeus durante o Holocausto nazista.

Publicidade

“Tropas russas dispararam contra a torre de TV, perto do complexo Memorial #BabynYar”, disse no Twitter. “Os criminosos russos não param por nada em sua barbárie. Rússia = bárbaro”.

Publicidade