Taxa Básica de Juros

Copom sobe taxa Selic para 13,25% ao ano

O Copom também prevê uma nova alta para agosto, de intensidade menor ou igual a esta.

Copom sobe taxa Selic para 13,25% ao ano
Edifício sede do Banco Central em Brasília (Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Nesta quarta-feira (15), o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, por unanimidade, elevou a taxa Selic passando de 12,75% para 13,25% ao ano. O aumento representa 0,5 ponto percentual a mais do que a antiga taxa.

Publicidade

Este é o décimo primeiro aumento seguido da taxa básica de juros no país, e também é o maior valor desde dezembro de 2016, quando a Selic estava em 13,75% ao ano. O Copom já havia anunciado o novo aumento desde sua última reunião em abril. Portanto, o mercado financeiro já esperava a elevação dos juros.

O objetivo da equipe econômica do Banco Central é desacelerar a inflação que atinge o Brasil. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é considerado a taxa de inflação oficial do país, ficou em 0,47% no mês de maio, registrando uma desaceleração em relação ao mês anterior. Porém, o aumento acumulado chega a 11,73% nos últimos 12 meses.

A meta do Banco Central para a inflação em 2022 é de 3,5%, mas a previsão do próprio BC e do mercado financeiro é de que este número atinja a marca de quase 8,89% até o final do ano. Se a previsão da inflação a 8,89% se concretizar, será o segundo ano seguido de estouro da meta. É importante lembrar que as mudanças na taxa de juros geralmente levam de seis a 18 meses para surtirem efeito.

Publicidade