Dinheiro Público

Governo de São Paulo abre licitação de R$ 1 milhão para comprar iPhones para oficiais da PM

Pelo pregão, cada aparelho sairia com um valor aproximado de R$ 5.800, o que somaria um valor em torno de um milhão cento e sessenta mil reais.

Governo de São Paulo abre licitação de R$ 1 milhão para comprar iPhones para oficiais da PM
A Polícia Militar também justifica a compra por conta do “sigilo de informações sensíveis” (Crédito: Ming Yeung/Getty Images)

O governo de São Paulo abriu uma licitação de compra para adquirir 200 novos iPhones para oficiais da PM do estado. O edital do processo não contém a marca do produto, mas as especificações descritas são presentes no iPhone 12 e o valor chega a R$ 1 milhão.

Publicidade

Entre as características do celular escolhido estão a resistência a água, a câmera dupla, a memória de 128 GB, o processador Apple A14 Bionic, a tela super retina XDR e o Face ID, sistema utilizado para reconhecimento facial. No edital, ainda estava descrito que “é vedada a oferta de aparelhos de características tecnológicas inferiores às aqui estabelecidas”.

Pelo pregão, cada aparelho sairia com um valor aproximado de R$ 5.800, o que somaria um valor em torno de R$ 1.160.000.

Segundo a Polícia Militar, os celulares fão parte do “processo de modernização tecnológica da instituição, assim como a aquisição de outras ferramentas: armas de incapacitação neuromuscular, armas letais de última geração, câmeras operacionais portáteis, sistema de telemetria embarcada, câmeras térmicas para atuação em incêndios, drones, coletes balísticos mais leves e câmeras viárias inteligentes”.

A compra dos iPhones para oficiais da PM ainda não aconteceu, e a corporação militar diz que a compra pode até nem ser concretizada:

Publicidade

“Tal licitação está em fase de recurso e, portanto, ainda não foi concluída. Além disso, a compra pode não ser concretizada, caso, à época, não atenda aos princípios da Conveniência e Oportunidade.”