Magda Chambriard

“Nós queremos ter lucros”, diz nova presidente da Petrobras

“Vamos respeitar a lógica empresarial. Não há como gerir uma empresa dessas sem respeitar a lógica empresarial”, declarou

Chambriard afirmou que a Petrobras vai além das exigências legais em termos de sustentabilidade e destacou a trajetória ambiental da empresa
Magda Chambriard: “Exploração de petróleo na costa brasileira é essencial” – Créditos: Agência Senado

Magda Chambriard, recém-empossada como presidente da Petrobras, sucedendo Jean Paul Prates, destacou em sua primeira coletiva, realizada nesta segunda-feira (27), a abordagem da empresa em relação à distribuição de dividendos, um tema recorrente de debate nas gestões anteriores da companhia.

Publicidade

“Vamos respeitar a lógica empresarial. Não há como gerir uma empresa dessas sem respeitar a lógica empresarial. Dando lucro, sendo tempestivo, atendendo os interesses tanto dos acionistas públicos quanto dos privados, nós vamos fazer”, declarou Chambriard, na sede da empresa, no Rio de Janeiro.

Ela enfatizou a importância do diálogo para alcançar esse objetivo: “Agora, agilizar isso nessa direção. A palavra-chave é conversa. Nós vamos ter que conversar muito, entender muito as demandas de cada um e colocar a Petrobras à disposição dos interesses dos seus acionistas dentro da lógica empresarial”.

Quanto à rentabilidade da empresa, Chambriard expressou confiança: “Se existe uma coisa que eu tenho certeza e garanto é que essa empresa vai dar muito lucro. Se tem lucros, tem dividendos. Nós queremos ter lucros”.

Sobre a composição da diretoria, a presidente afirmou que ainda não teve a oportunidade de conhecer todos os atuais diretores, mas que qualquer mudança seria baseada em uma análise dos perfis dos ocupantes dos cargos.

Publicidade

Chambriard delineou os objetivos da Petrobras para os próximos anos, destacando a exploração de novas fronteiras, a reposição das reservas energéticas, o aumento da disponibilidade de produtos, a produção de energias renováveis e o fortalecimento da cadeia produtiva nacional.

Ela ressaltou a responsabilidade da Petrobras em ser uma empresa rentável e sustentável, observando normas de compliance e respeitando o meio ambiente e os interesses dos acionistas.

Quanto à sua primeira conversa com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Chambriard compartilhou: “A demanda que eu tive do presidente Lula foi ‘tenho um grande carinho pela Petrobras, a sociedade brasileira ama a Petrobras e eu também. Eu gostaria que você gerisse essa empresa com respeito a sociedade brasileira’. Eu acho que não posse ter uma mensagem mais clara do que essa”.

Publicidade

Publicidade

Quem é Magda Chambriard, nova presidente da Petrobras?

Com uma trajetória destacada no setor de petróleo, Chambriard já teve um papel de destaque em governos petistas anteriores. Sua ascensão começou em 2012, quando foi nomeada pela então presidente Dilma Rousseff como diretora-geral daAgência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), cargo para o qual já tinha sido indicada em 2008, durante o mandato de Lula.

Magda Chambriard possui mestrado em Engenharia Química pela Coppe/UFRJ (1989) e graduação em Engenharia Civil pela UFRJ (1979), além de especializações em Engenharia de Reservatórios, Avaliação de Formações e Produção de Petróleo e Gás, na hoje denominada Universidade Petrobras.

Publicidade

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.