Em noite de Hyoran, Bragantino vence São Paulo no Campeonato Paulista

O Tricolor enfrentaria o Palmeiras no fim de semana, mas, com o Verdão nos Emirados Árabes Unidos para o Mundial de Clubes, o duelo teve que ser adiado, ainda sem nova data

A partida que finalizou a terceira rodada do Campeonato Paulista foi também a mais movimentada da competição até o momento. Nesta quinta-feira (3), em duelo com duas viradas, o Red Bull Bragantino superou o São Paulo por 4 a 3 no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). O meia Hyoran foi o protagonista da noite, com um gol e duas assistências.

Publicidade

O Massa Bruta assumiu a liderança do Grupo D, com seis pontos. O Tricolor permanece em terceiro no Grupo B, com dois pontos e ainda sem vencer no Estadual. Os dois primeiros de cada grupo avançam às quartas de final.

A pressão dos anfitriões na saída de bola funcionou já aos 11 minutos do primeiro tempo. O zagueiro Miranda bobeou e foi desarmado por Artur. O atacante invadiu a área pela direita e bateu no contrapé do goleiro Tiago Volpi, abrindo o placar. A resposta veio aos 24 minutos, depois de uma cobrança de escanteio pela direita, que Miranda desviou e o meia Alisson completou para as redes. O lance, inicialmente anulado por impedimento, foi validado após o árbitro de vídeo (VAR) ser acionado.

Aos 40, Hyoran cabeceou por cima da marcação e achou o atacante Alerrandro livre para chutar na saída de Volpi, recolocando o Massa Bruta à frente. O São Paulo tornou a empatar no começo do segundo tempo. Logo no primeiro minuto, o atacante Emiliano Rigoni chutou rasteiro, o goleiro Cleiton defendeu, a bola parou em cima da linha e o lateral Igor Vinícius, de carrinho, fez o segundo dos visitantes.

Aos oito veio a primeira virada da noite. Rigoni cruzou pela esquerda e o atacante Jonathan Calleri, de cabeça, marcou o terceiro do Tricolor. A vantagem não durou nem dez minutos. Aos 17, Hyoran recebeu na entrada da área pela esquerda e bateu colocado, no ângulo, igualando outra vez o marcador. O duelo seguiu equilibrado até os 41 minutos, quando Hyoran cruzou pela esquerda e o atacante Gabriel Novaes, ex-São Paulo, apareceu às costas da zaga para devolver ao Massa Bruta a dianteira do placar (desta vez em definitivo).

Publicidade

O próximo compromisso do Bragantino será neste domingo (6), às 20h30 (horário de Brasília), contra a Ferroviária, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP). O São Paulo volta a jogar somente na quarta-feira que vem (9), às 19h, diante do Santo André, no Morumbi, na capital paulista. O Tricolor enfrentaria o Palmeiras no fim de semana, mas, com o Verdão nos Emirados Árabes Unidos para o Mundial de Clubes, o duelo teve que ser adiado, ainda sem nova data.

Mais cedo nesta quinta, outras duas partidas movimentaram a terceira rodada. O Mirassol derrotou o Guarani por 2 a 0 no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP). O atacante Negueba e o zagueiro Thalisson Kelven, ambos de cabeça, decretaram a vitória do Leão, que assumiu o segundo lugar do Grupo C (o mesmo do Palmeiras) com sete pontos. O Bugre, com três pontos, é o vice-líder do Grupo A, que tem o Corinthians na ponta.

Os dois times voltam a campo no domingo. Às 11h, o Mirassol recebe o Santo André. Depois, às 16h, o Guarani pega o Santos no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Publicidade

Atuando no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP), o Ituano derrotou a Inter de Limeira por 2 a 1 e aparece na terceira posição do Grupo C, com os mesmos sete pontos do Mirassol, ficando atrás no saldo de gols. A Inter, com dois pontos, está em terceiro no Grupo A. Rafael Elias, conhecido como Papagaio, abriu o marcador para o Galo de Itu, que sofreu o empate em um golaço de letra do também atacante Ronaldo. O meia Gabriel Barros, porém, deu a vitória aos anfitriões.

No domingo, o Ituano joga novamente em casa, desta vez com o Corinthians, às 18h30. No mesmo dia, mas às 20h30, a Inter encara o Botafogo-SP no estádio Major Levy Sobrinho, em Limeira (SP).

(Agência Brasil)

Publicidade