Mesma Moeda?

Banksy pede que ladrões roubem loja da Guess, que usou sua arte sem permissão

O artista britânico ficou conhecido por sua arte provocativa espalhada pelo mundo.

Banksy pede que ladrões roubem loja da Guess, que usou sua arte sem permissão
Fachada da loja da Guess, em Londres (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

O artista britânico Banksy pediu para ladrões roubarem uma loja filial da Guess em Londres após a marca utilizar uma arte sem autorização. Banksy, que tem a identidade desconhecida, publicou o pedido aos ladrões em seu perfil no Instagram.

Publicidade

“Atenção todos os ladrões de loja: por favor vão à Guess da Regent Street. Eles ficaram à vontade para usar minha arte sem perguntar, então como pode ser errado para vocês fazer o mesmo com as roupas deles?”, diz o post do artista anônimo.

O artista britânico ficou conhecido por sua arte provocativa espalhada pelo mundo. Na última semana, Banksy publicou imagens de um grafite que fez na cidade de Borodianka, nos arredores da capital ucraniana Kiev. Posteriormente, o artista confirmou que pintou sete murais, espalhados por diferentes municípios da Ucrânia, país que está em guerra com a Rússia desde fevereiro.

Esta não é a primeira intervenção de Banksy em territórios em conflito. O artista anônimo britânico já deixou obras na Cisjordânia, por exemplo, para afirmar sua solidariedade ao povo palestino. Uma destas obras é chamada de “Scar of Bethlehem” (“Cicatriz de Belém”) e mostra o tradicional presépio em que Jesus nasceu junto ao muro que divide Israel dos territórios palestinos.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade