escalada de tensão

Biden critica Rússia na Assembleia Geral da ONU

Posição firme dos EUA ocorre após Vladimir Putin convocar reservistas para lutar na guerra da Ucrânia e fazer ameaças nucleares ao Ocidente.

biden-critica-russia-na-assembleia-geral-da-onu
Biden durante discurso na Assembleia da ONU em Nova York (Créditos:Anna Moneymaker/Getty Images)

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta quarta-feira (21) que a Rússia violou os princípios fundamentais de adesão às Nações Unidas ao invadir a Ucrânia. O democrata ainda afirmou que Moscou está fazendo ameaças “irresponsáveis” ao uso de armas nucleares. A declaração foi dada durante discurso na Assembleia Geral da ONU em Nova York.

Publicidade

Em transmissão oficial na TV, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez ameaças nucleares ao Ocidente. “Isto não é um blefe”, declarou o líder russo. Putin anunciou também que convocará cerca de 300 mil cidadãos da reserva para se unirem às tropas russas na Ucrânia.

Em resposta, Biden disse que ninguém ameaçou a Rússia e que apenas Moscou instigou um conflito. “A guerra na Ucrânia é a guerra de um homem só”, disse, se referindo a Putin. Ele prometeu solidariedade dos Estados Unidos com a Ucrânia.

Ainda durante o discurso, Biden demonstrou preocupação sobre os investimentos em armas nucleares, citando China e Rússia. “Uma guerra nuclear não pode ser vencida e nunca deve acontecer”, disse Biden.

Expansão do Conselho de Segurança da ONU

Joe Biden ainda solicitou a expansão do Conselho de Segurança da ONU. A reforma no Conselho é um tema recorrente em quase todas as crises internacionais quando um dos cinco membros permanentes (Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido e França) exerce seu direito de veto para impedir resoluções propostas por outros.

Publicidade

“Um membro permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas invadiu seu vizinho, tentou apagar um Estado soberano do mapa. A Rússia violou descaradamente os princípios fundamentais da Carta das Nações Unidas”, disse Biden.

 

 

Publicidade