Conflito Rússia X Ucrânia

Biden gostaria de visitar a Ucrânia, mas ainda não tem planos

A presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi foi a autoridade mais alta dos Estados Unidos que visitou a Ucrânia.

biden-gostaria-de-visitar-a-ucrania-mas-ainda-nao-tem-planos
Presidente Joe Biden (Crédito: Mark Wilson/Getty Images)

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden adoraria visitar a Ucrânia, mas ainda não tem planos. Esta informação veio nesta segunda-feira (2), por meio da porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki. “Eu sei que o presidente adoraria visitar a Ucrânia, mas não há planos em andamento neste momento”.

Publicidade

Até o momento, a autoridade mais alta dos Estados Unidos que visitou a Ucrânia desde o início da guerra, foi a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, que no final de semana se reuniu de surpresa com o presidente Volodymyr Zelensky em Kiev.

A porta voz Psaki, ressaltou sobre o objetivo do governo Biden de reabrir a Embaixada dos EUA e ter diplomatas no local. Neste domingo (1), o presidente do Comitê de Inteligência da Câmara dos Estados Unidos, Adam Schiff, disse que a visita de Biden à Ucrânia seria apenas questão de tempo.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças, Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Um dos motivos desta invasão é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente, sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Publicidade

Biden tem apoiado a Ucrânia desde início da invasão russa. “Meu pedido de financiamento suplementar garantirá que nosso apoio aos militares ucranianos continue durante as semanas e meses cruciais que virão.”