ELE DISSE NÃO

Emmanuel Macron não aceita pedido de renúncia de premiê francês

Por intermédio de uma nota, o Palácio do Eliseu afirma que “o presidente pediu que Attal continue como primeiro-ministro por enquanto para garantir estabilidade ao país”

Emmanuel Macron não aceita pedido de renúncia de premiê francês
Emmanuel Macron é o atual presidente da França – Crédito: Reprodução

O presidente da França, Emmanuel Macron, negou o pedido de renúncia do premiê e aliado político, Gabriel Attal. Por intermédio de uma nota, o Palácio do Eliseu afirma que “o presidente pediu que Attal continue como primeiro-ministro por enquanto para garantir estabilidade ao país”.

Publicidade

Attal havia entrado no gabinete do presidencial nesta segunda-feira (8) para apresentar a sua demissão a Macron após eleições parlamentares nas quais o campo político do governo perdeu o seu papel como o partido mais forte num parlamento dividido.

Publicidade

O primeiro-ministro já havia emitido sinais sobre a renúncia no domingo (7). Ele seguiria a tradição política francesa dizendo que estava preparado para permanecer no cargo por mais tempo como interino, mas que cabia ao presidente tomar a decisão final.

Frente de Macron fica em 2º lugar nas eleições

A Nova Frente Popular, coalização de esquerda da França, conquistou 182 assentos no parlamento, segundo apontou a apuração dos votos do segundo turno das eleições legislativas do país. A aliança centrista de Emmanuel Macron, o ‘Ensemble’, ficou em segundo lugar, com 168 assentos. Já a coalizão Reunião Nacional (RN), da ultradireita de Marine Le Pen, conquistou 143 vagas. No 1ºturno, em 30 de junho, a RN obtever o primeiro lugar.

As três grandes coalizões (esquerda, centro e extrema direita) não conseguiram obter a maioria absoluta de 289 assentos no Parlamento da França. Portanto, a formação de um novo governo deverá ser negociada.

Publicidade

O resultado final do pleito deixará o parlamento da França dividido em três grandes grupos, com plataformas diferentes e nenhuma tradição de trabalho conjunto.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.