Explosão 10 vezes pior que Chernobyl

A usina nuclear fica em Enerhodar, uma cidade às margens do rio Dniepre, que responde por um quarto da geração de energia do país. A usina Zaporíjia gera 6.000 megawatts

Explosão 10 vezes pior que Chernobyl
Imagem ilustrativa (Crédito: Canva Fotos)

Uma explosão na usina nuclear de Zaporizhzhia, na Ucrânia, poderia ser uma catástrofe, de acordo com o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, “Se explodir, será dez vezes maior do que Chernobyl!”, publicou o ministro no Twitter.

Publicidade

A Rússia deve parar imediatamente o ataque, permitir que os bombeiros trabalhem e estabelecer uma zona de segurança“, acrescentou Kuleba.

A usina fica em Enerhodar, uma cidade às margens do rio Dniepre, que responde por um quarto da geração de energia do país. A usina Zaporíjia gera 6.000 megawatts.

“Como resultado do contínuo bombardeio inimigo de prédios e unidades da maior usina nuclear da Europa, a usina nuclear de Zaporíjia está pegando fogo”, disse o prefeito Dmytro Orlov em seu canal Telegram, citando o que chamou de ameaça à segurança mundial.

Publicidade

Mais cedo, Orlov já tinha afirmado que uma coluna de tropas russas estava indo em direção à usina nuclear, relatando que “tiros altos podiam ser ouvidos na cidade”, segundo o jornal O Globo.

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, pediu à Rússia que encerre imediatamente os combates na usina nuclear e forneça acesso aos bombeiros. “O exército russo está atirando de todos os lados contra a central nuclear de Zaporizhzhia, a maior usina nuclear da Europa”.

“Se explodir, será 10 vezes maior que Chernobyl! Os russos devem cessar IMEDIATAMENTE o fogo, permitir os bombeiros, estabelecer uma zona de segurança!”, aponta Kuleba.

Publicidade

Por sua vez, o prefeito da cidade vizinha de Energodar, Dmytro Orlov, postou em seu Facebook: “Uma ameaça à segurança mundial! usina nuclear de Zaporizhia está pegando fogo!!!”.

“Eu exijo que você pare! Pare imediatamente de bombardear a usina nuclear de Zaporizhia”, disse o prefeito em uma mensagem de vídeo. As Forças Armadas mantêm a defesa e há vítimas, mas seu número e condição exatas não foram estabelecidos, informou o Ukrinform.

A Rússia assumiu o controle da usina nuclear de Zaporizhia e Chernobyl

O exército russo assumiu o controle da área ao redor da usina nuclear de Zaporizhia, a maior da Ucrânia e da Europa.

Publicidade

A carta da Agência Internacional de Energia Atômica acrescentou que a equipe da usina continua seu “trabalho para fornecer segurança nuclear e monitoramento de radiação no modo normal de operação”.

“Os níveis de radiação permanecem normais”, disse a Rússia em sua carta, segundo a AIEA, antes do incêndio. Zaporizhia é a maior usina nuclear da Europa, com seis dos 15 reatores da Ucrânia.

A Rússia, que invadiu a Ucrânia na semana passada, já assumiu o controle da usina nuclear desativada no norte de Chernobyl, que foi palco do pior desastre nuclear do mundo em 1986. Na sexta-feira passada, o governo ucraniano alertou que um aumento na radiação foi detectado na zona de Chernobyl.

Publicidade

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) informou que recebeu um pedido da Ucrânia para “fornecer assistência imediata na coordenação de atividades relacionadas à segurança” de Chernobyl e outros locais.