Estados Unidos

Furacão Ian vira tempestade tropical, segundo Centro Nacional de Furacões

O governador da Flórida, Ron DeSantis, afirmou que provavelmente a intensidade do furacão já passou do seu pico.

furacao-ian-vira-tempestade-tropical
Destruição causada pelo furacão na Flórida (Créditos: Getty Images)

O furacão Ian enfraqueceu na manhã desta quinta-feira (29) e se tronou uma tempestade tropical, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês). A tormenta do furacão inundou o sudoeste da Flórida e deixou 1,8 milhão de pessoas sem energia.

Publicidade

De acordo com a imprensa norte-americana, pessoas estão presas em casas em regiões alagadas. Nesta quarta-feira (28), o furacão Ian foi elevado à categoria 4, após tocar o solo duas vezes na Flórida, ao ganhar força.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, afirmou que provavelmente a intensidade do furacão já passou do seu pico. No entanto, o estado ainda será atingido e a tormenta causará danos devido aos ventos fortes e a chuva. Segundo o NHC, o furacão tem ventos de até 250 km/h.

Moradores de oito regiões do estado receberam ordem para sair de locais vulneráveis: Charlotte, Hillsborough, Lee, Levy, Manatee, Pasco, Pinellas e Sarasota. O furacão chegou a tocar o solo em Ilha de Cayo Costa e Cidade de Punta Gorda.

Ainda que o furacão já tenha passado em Cuba, o país enfrenta fortes chuvas e ventos intensos. Lázaro Guerra, diretor-técnico da União Elétrica de Cuba, afirma que devido à tempestade, uma falha no sistema elétrico nacional afetou a infraestrutura. “O sistema já operava em condições complexas com a passagem do furacão Ian”, disse Guerra. “Não há serviço de eletricidade em nenhuma parte do país agora”. 

Publicidade

Publicidade