Kamala Harris diz que os EUA defenderão cada território da Otan

Durante uma coletiva na Polônia, Kamala Harris, também afirmou que os países seguem unidos para ajudar à Ucrânia

kamala-harris-diz-que-os-eua-defenderao-cada-territorio-da-otan
Vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris (Crédito: Sean Rayford/Getty Images)

A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris disse que o país americano defenderá cada parte do território da Otan. Na manhã desta quinta-feira (10), a vice-presidente se reuniu com o presidente Polônia, Andrzej Duda. A reunião foi sobre o fornecimento de caças à Ucrânia.

Publicidade

O presidente da Polônia para ajudar a Ucrânia que pede jatos da era soviética, se disponibilizou a fornecer os jatos MIG-29 para os Estados Unidos que negou a proposta. Mesmo com recusando o que Andrzej Duda segueriu, Harris deixou claro que os países seguem unidos para ajudar à Ucrânia.

O foco da reunião não foi a proposta recusada. Kamala Harris, destacou o que os Estados Unidos tem feito pela Ucrânia em relação a apoio militar e disse que os EUA estão fornecendo à Polônia mísseis Patriot. Durante sua coletiva, Harris afirmou também que estar em Varsóvia é um compromisso dos Estados Unidos com a aliança militar.

De acordo à CNN, durante seu discurso Harris, comentou sobre príncipios da Otan. “O que está em jogo, neste exato momento, são alguns dos princípios orientadores da Otan. E, em particular, a questão da importância de defender a soberania e a integridade territorial e, neste caso, da Ucrânia. Os Estados Unidos estão preparados para defender cada centímetro do território da Otan. Os Estados Unidos levam a sério que um ataque contra um é um ataque contra todos”.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu à Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Alguns dos motivos pelo qual esta invasão aconteceu é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

Publicidade

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Na quarta-feira (9), a caminho de Varsóvia a vice-presidente Kamala Harris compartilhou a seguinte mensagem no Twitter “Estou a caminho de Varsóvia, Polônia e, no final desta semana, para Bucareste, Romênia. Esta viagem ocorre em um momento importante, pois os Estados Unidos continuam demonstrando unidade com nossos aliados da OTAN e prestando apoio ao povo da Ucrânia em resposta à invasão da Ucrânia por Putin.”