Mais de 10 milhões de pessoas podem fugir da Ucrânia

Desde o início da invasão já são 1 milhão de refugiados da Ucrânia para países vizinhos

mais-de-10-milhoes-de-pessoas-podem-fugir-da-ucrania
Mais de 60 especialistas fizeram apelo à Federação Russa para que encerrem com às agressões contra a Ucrânia (Crédito: Hannibal Hanschke/Getty Images)

Mais de 10 milhões de pessoas podem deixar suas casa na Ucrânia. Esta é uma estimativa vinda das Organização das Nações Unidas (ONU) que inclui quatro milhões de pessoas que podem cruzar a fronteira para países vizinhos. Segundo o porta-voz do secretário-geral da ONU, Stephane Dujarric as necessidades na Ucrânia crescem a cada dia.

Publicidade

Ainda de acordo com o comunicado de Dujarric, alguns funcionários da ONU foram realocados para fora de Kiev, na Ucrânia para prestarem assistência humanitária. As Nações Unidas e parceiros humanitários lançaram um apelo de emergência de US$ 1,7 bilhão para fornecer as pessoas da Ucrânia e refugiados em países vizinhos.

Desde o início da invasão já são 1 milhão de refugiados da Ucrânia para países vizinhos, fugindo dos ataques russos. Mais de 60 especialistas fizeram apelo à Federação Russa para que encerrem com às agressões contra a Ucrânia.

Conflito Rússia e Ucrânia

Na quinta-feira (24), o governo russo invadiu à Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Alguns dos motivos pelo qual esta invasão aconteceu é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Publicidade