Conflito Rússia x Ucrânia

Manifestante pintada com cores da Ucrânia é expulsa do tapete vermelho de Cannes

A mulher estava com as palavras “parem de nos estuprar” estampadas em seu abdômen.

manifestante-pintada-com-cores-da-ucrania-e-expulsa-do-tapete-vermelho-de-cannes
Manifestante pintada com as cores da bandeira ucraniana durante o festival de Cannes (Crédito: Pascal Le Segretain/Getty Images)

A crise na Ucrânia tomou os holofotes em Cannes nesta sexta-feira (20), quando uma manifestante nua, pintada com as cores azul e amarelo, foi expulsa do tapete vermelho.

Publicidade

A mulher não identificada rasgou seu vestido revelando as cores da bandeira ucraniana, com as palavras “parem de nos estuprar” estampadas em seu abdômen e com marcas vermelhas de mão em suas nádegas.

A mulher gritou e agentes de segurança rapidamente a embrulharam em um casaco, retirando-a do evento. Os convidados ficaram perplexos e a música do festival continuou tocando normalmente.

O rápido protesto aconteceu na estreia mundial de “Three Thousand Years of Longing”, enquanto os astros Idris Elba e Tilda Swinton eram esperados para caminhar na famosa escadaria do Palais des Festivals.

Publicidade

Entenda o conflito

Desde a quinta-feira, 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.