Conflito Rússia X Ucrânia

Negociador russo acusa Ucrânia de “recuar” de acordos

Na semana passada, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky disse que as negociações de paz correm o risco de serem encerradas.

negociador-russo-acusa-ucrania-de-recuar-de-acordos
Militares (Crédito: Joe Raedle/Getty Images)

Um parlamentar russo que participa das negociações com a Ucrânia disse que as conversas tem sido difíceis e acusou os representantes de Kiev de “recuar” em acordos existentes, informou nesta quinta-feira (5) a agência de notícias Tass. O negociador Leonid Slutsky disse a Tass ser um dos negociadores. “Sou um dos quatro negociadores do lado russo. No entanto, é difícil negociar. Os ucranianos chegam a um acordo e depois recuam”.

Publicidade

A primeira reunião entre os dois países aconteceu em 28 de fevereiro e não teve acordo. Outros encontros foram realizados e no dia 26 de abril o presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que as conversas mudaram drasticamente após acusações de crimes de guerra na cidade de Bucha.

Na semana passada, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky disse que as negociações de paz correm o risco de serem encerradas. Ainda assim, após a visita do secretário-geral da da ONU, António Guterres houve um avanço na retirada de civis da usina de Azovstal na cidade sitiada de Mariupol.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças, Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Um dos motivos desta invasão é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente, sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Publicidade

 

 

Publicidade